CNTE – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação
7 de novembro de 2016
Nova legislação da educação
21 de novembro de 2016

A AGPTEA mais uma vez teve destacada participação na Expointer, no Parque Assis Brasil, em Esteio, já na sua 39ª edição. De acordo com o presidente da associação, professor Fritz Roloff, a feira mais uma vez demonstrou que o setor primário da economia vai comandar e nortear a retomada do crescimento do país.

A casa da AGPTEA recebeu, além dos seus associados e alunos, muitos visitantes que buscaram informações sobre o ensino técnico e como fazer para conseguir uma vaga numa escola agrícola. Dai a importância das escolas mandarem material, como folders e banners, para que a divulgação e as informações prestadas sejam mais fieis possíveis.

 A diretoria quer aqui expressar o profundo reconhecimento ao subsecretário do Parque Assis Brasil, Sérgio Bandoca Foscarini, que tem apoiado as iniciativas da AGPTEA, especialmente no que se refere a cessão de uso do espaço físico dentro do parque. Também cabe registrar o apoio incondicional do secretário da Agricultura, Ernani Polo e de sua equipe que tem participado das atividades, inclusive, convidando a AGPTEA para a participação em eventos.

A AGPTEA entende que cada vez que o estado oportuniza a participação das diferentes entidades em seus eventos, cumpre um papel que vai além das fronteiras políticas, pois compromete a sociedade como um todo a assumir a corresponsabilidade para a melhoria da qualidade de vida dos seus cidadãos.

A casa da AGPTEA representa um espaço para que os professores e alunos, especialmente da educação profissional, busquem ampliar seus horizontes dentro do mundo do trabalho. Passaram-se muitos anos até que este paradigma de resistências fosse quebrado. Por isso vale sempre destacar novamente pessoas como o professor Gilberto Sidnei dos Santos que foi pioneiro para que “se abrissem as primeiras portas” para que este espaço no parque fosse conquistado.

Participar da feira diretamente representa para o ensinar e aprender um mergulho nas novas tecnologias de máquinas e de genética. O aluno tem a oportunidade de pesquisar tendências de mercado e opções para se inserirem no mundo do trabalho.

Como em edições anteriores, a Expointer foi uma grande festa, onde não brilharam apenas os animais e as máquinas, mas continua sendo o lugar onde o ser humano tem a oportunidade de mostrar do que é capaz, seja na área industrial, de serviços, de atividades culturais e de ações sociais. Que venha a próxima EXPOINTER!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×