Escolas agrícolas gaúchas recebem equipamentos de emenda parlamentar

A IMPORTÂNCIA DO PERDÃO
11 de maio de 2021
COMO AS ÁGUIAS APRENDEM A VOAR…
2 de junho de 2021

Uma boa notícia para as escolas agrícolas gaúchas. Começam a chegar os implementos conquistados com os recursos de emenda da Bancada Gaúcha no Congresso Nacional que destinou R$ 30 milhões para equipar as instituições. Os recursos irão subsidiar melhorias na infraestrutura das escolas. A solenidade oficial de entrega dos equipamentos ocorreu nesta segunda-feira, 24 de maio, em cerimônia na Secretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul, com a presença do governador Eduardo Leite.

Segundo o presidente da Associação Gaúcha dos Professores Técnicos de Ensino Agrícola (Agptea), Fritz Roloff, este é apenas o início de uma nova fase para as escolas agrícolas gaúchas, que ainda receberão outras máquinas e equipamentos. “É uma grande notícia que nós estávamos esperando. A Agptea lutou muito com o Conselho dos Diretores das Escolas Agrícolas Gaúchas para que isso pudesse acontecer. Reforçamos a nossa satisfação. Se estivermos unidos e arregaçarmos as mangas, conseguimos as conquistas. Este é um grande momento”, destaca.

Roloff salienta que a Agptea e os diretores das escolas técnicas agrícolas reconhecem o esforço especial do líder da Bancada Gaúcha, deputado federal Giovani Cherini, que apoiou o pleito e foi decisivo para que esta demanda tivesse êxito, bem como a equipe da Superintendência da Educação Profissional (Suepro) da Secretaria Estadual da Educação, que está executando o processo licitatório.

O presidente do Conselho dos Diretores das Escolas Estaduais Agrícolas, Luiz Carlos Cosmam, salientou a importância da entrega destes materiais, principalmente na parte pedagógica e o suporte que darão para as instituições. “Nossas escolas tinham esse déficit de equipamentos e com essa emenda obtivemos a possibilidade de renovação. Além de modernizar a escola, teremos a melhoria da qualidade do processo de ensino e aprendizagem. O agronegócio está cada vez mais tecnificado e as escolas com equipamentos sucateados. A partir dessa conquista, as instituições escolares poderão também ter acesso a essa tecnologia já utilizada nas propriedades rurais”, observa.

Cosmam destaca que são diversos tipos de equipamentos que começam a chegar nas escolas como kit de energia solar, equipamentos de informática e implementos para o manejo de animais, entre outros, que também contribuirão para a produção agrícola. A verba foi aprovada no dia 30 de outubro de 2018. Desde então, era esperada a resolução de detalhes burocráticos para que os recursos pudessem chegar até as escolas agrícolas do Estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Perdeu sua senha?

Criar uma conta?

×

Powered by WhatsApp Chat

×