Avançam obras do futuro centro de qualificação agrícola em Caçapava do Sul

Soltar as Mãos
29 de dezembro de 2022
Pote rachado
30 de janeiro de 2023

As reformas para receber o novo centro de qualificação profissional em Minas do Camaquã, Caçapava do Sul (RS), estão em andamento. Na área adquirida pela Associação Gaúcha de Professores Técnicos de Ensino Agrícola (Agptea), que também concentra um hotel com piscina e pronto para receber os associados e comunidade em geral, será desenvolvido um novo espaço para formação em setores como fruticultura, olivicultura e vitivinicultura.

Na última semana, o presidente da entidade, Fritz Roloff, participou de atividades de planejamento e estruturação do local. Também foram feitas reuniões com o prefeito em exercício de Caçapava do Sul, Luiz Guglielmin, e o presidente do Legislativo Municipal, Silvio Tolfo Tondo.

Segundo o dirigente, estão sendo tomadas todas as providências para organizar e tornar o espaço para servir de aprendizagem e qualificação para iniciativas que as escolas muitas vezes não conseguem dar com tanta especificidade. “Estamos falando de um espaço que será destinado mais especificamente para a olivicultura e para a pecanicultura. Além disso, também é nossa meta investir em uvas”, destaca.

Roloff acredita que desta forma se atenderá aquilo que a região tem de clima e solo especiais com essas atividades. “Não pretendemos ser algo inovador no sentido que estas atividades já existem, mas contribuir para que a região possa se qualificar e, porque não, se expandir para todo o Estado. Já temos parcerias com várias entidades nas quais a gente tem tratado, como a Emater, além de associações específicas que lidam com essas culturas. Queremos ser um ponto de referência”, observa.

O presidente da Agptea salienta ainda que o centro servirá de apoio para que toda a comunidade, em especial as escolas agrícolas, possam usufruir desta estrutura. “Temos a certeza que esta construção em conjunto vai possibilitar diversas alternativas”, ressalta.

A área adquirida pela Agptea em 2022 possui um espaço de terras com mais de 10 hectares. A coordenação das atividades relacionadas ao hotel e hospedagem está a cargo do associado da entidade, Ivanoi Brito. Já o professor Paulo Benites é o responsável pela estruturação do Centro de Qualificação Profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.